e-escola

Eng.ª Genética e outras abordagens moleculares

Publicado em 11/05/2006 

A Engenharia Genética envolve um conjunto de métodos moleculares que permitem manipular o material genético in vitro, ou seja, num tubo de ensaio ou em laboratório, originando moléculas quiméricas, o denominado DNA recombinado (rDNA). Grande parte dos métodos usados na tecnologia do rDNA baseiam-se em mecanismos que ocorrem in vivo, embora apresentem alterações com vista a aumentar a eficiência e a frequência com que os processos ocorrem in vivo e tornar a sua execução praticável em laboratório. Em muitos casos os processos concretizáveis em laboratório são mesmo virtualmente impossíveis in vivo, pelo que a tecnologia do rDNA in vitro veio possibilitar um enorme avanço do conhecimento científico e do potencial de inovação. De facto, esta tecnologia viabiliza a criação de novas combinações de material genético e a introdução de DNA de diversas origens em organismos hospedeiros mais adequados. Esta abordagem tem permitido a superprodução de proteínas recombinadas de interesse clínico e biotecnológico, bem como a construção de diversas fusões genéticas que facilitam a purificação de proteínas, o estudo da sua localização sub-celular, da sua expressão e do seu tráfego no interior de uma célula. Permite ainda a eliminação ou substituição rigorosa de genes para a construção de estirpes mutantes com características mais interessantes ou que facilitam a elucidação de determinados problemas biológicos.

Nesta secção do portal e-escola são abordados os fundamentos e as ferramentas biológicas subjacentes à tecnologia do DNA recombinado. São apresentados, também, alguns exemplos de como conjugar as diversas técnicas moleculares para dar resposta a questões biológicas de interesse.

Sub-Temas e Tópicos

© 2008-2009, Instituto Superior Técnico. Todos os direitos reservados.
  • Feder
  • POS_conhecimento