e-escola

Vectores de clonagem Básico

Publicado em 18/11/2005 

Há ainda vectores de clonagem capazes de replicar em organismos geneticamente distintos, como, por exemplo, numa célula procarióticaGlossário e numa célula eucarióticaGlossário: são os vectores de vai-vem (shuttle vectors). A importância destes vectores de clonagem prende-se, por exemplo, com a necessidade de frequentemente de expressar, também numa célula procariótica, a informação genética contida no vector de clonagem destinada a células eucarióticas. Estes vectores incluem, para além de uma origem de replicação e marcas de selecção bacterianas, uma origem de replicação e marcas de selecção reconhecidas no eucariota onde se pretende também introduzir e replicar o DNA recombinado. Para além das referidas características básicas de um vector de clonagem, existem outras também importantes, como por exemplo, a sua capacidade de levar permitir a superprodução da proteína codificada pelo DNA nele inserido: são os vectores de expressão.

Os vectores de expressão controlada são muito importantes em Engenharia Genética,, uma vez que dão resposta à necessidade de superproduzir, de uma forma controlada, o produto de expressão de um gene (uma proteína recombinada - r-proteína). Estes vectores além de terem uma origem de replicação e marcas genéticas de selecção, possuem outras características lhe conferem a especialização. No caso do vector de expressão controlada para expressão numa célula bacteriana (usualmente E. coli) deverão apresentar:

  1. Uma região promotora reconhecida no hospedeiro e que permita uma eficiente transcrição do gene clonado a usar para superprodução na r-proteína e . É conveniente que este promotor seja regulável de modo a que possa ser “ligado ou desligado”, daí o nome de vectores de expressão controlada. (saber mais);
  2. O codão de iniciação ATG que inicia a transcrição da maioria dos genes dos procariotasTooltip;
  3. Um terminador da transcrição a jusante da sequência codificante para evitar a formação de mRNA demasiado longo;
  4. Uma região, designada Shine-Delgarno, que garanta uma ligação efectiva do mRNA ao ribossoma onde se dá a tradução (saber mais), garantindo que o processo se dá eficientemente e que a expressão do gene clonado não fica limitada ao nível da tradução;
  5. Um ou mais codões stop para a terminação da tradução. Para além destas características, os plasmídeos especializados para superexpressão poderão ser em elevado número de cópias de modo a maximizar o número de cópias do gene clonado na célula. No entanto, se não houver controlo de expressão tal que poderá levar a uma afectação grave da fisiologia do hospedeiro o que resultará num efeito oposto ao desejado.

Autor e Créditos

Autor:

 

Comentário feito por Leandro Ribeiro em 30 de Novembro de 2007 às 00h00m

Bom dia! Após ler o vosso artigo fiquei com uma dúvida: deverá a tradução de MCS ser Local Múltiplo de Clonagem? Encontro esta designação em todo o lado, mas parece-me incorrecta. Multiple Cloning Site designa um Local (site) onde ocorrem múltiplas clonagens, mas não um "local múltiplo". Aliás, não sei o que poderá significar "local múltiplo" seja em que contexto for. Estou a interpretar incorrectamente ou esta foi uma tradução pouco feliz que passou para uso corrente? Ficaria eternamente agradecido se me pudessem responder a esta dúvida, uma vez que estou a trabalhar numa apresentação relacionada com manipulação genética da bactéria E.Coli. Mas aproveito para vos dar os parabéns pelo site, que acho espantoso, necessário, relevante e de uma qualidade científica admirável. Visito-o regularmente. Atenciosamente, Leandro Ribeiro email: leandroribeiro@gmail.com

Comentário feito por Editora - Grupo de Ciências Biológicas do IST em 07 de Janeiro de 2008 às 00h00m

Tem toda a razão na chamada de atenção que faz. Como compreenderá,  é muito difícil fazer uma correcção cuidada de todos os conteúdos e  ilustrações produzidas. O uso corrente, mesmo que indevido, de  certas traduções faz com que se não detectem esses aspectos com facilidade. No entanto são, como refere, aspectos importantes.  Penso que locais de múltipla clonagem (ou de clonagem múltipla) será apropriado. Também se não pode fugir muito do texto/espírito da nomenclatura inglesa. Obrigada pela sua mensagem e atenção. Se encontrar outras falhas, pf, não deixe de fazer um comentário. Cumprimentos, Isabel Sá Correia

Para comentar tem de estar registado no portal.

Esqueceu-se da password?

© 2008-2009, Instituto Superior Técnico. Todos os direitos reservados.
  • Feder
  • POS_conhecimento