e-escola

Fluorite Intermédio

Publicado em 02/03/2010 

Ocorrências

localizações em Portugal

Fig. 5 – Ocorrências de Fluorite em Portugal Continental. Mapa produzido em colaboração com a DGEG Link externo. (Outubro 2009).

As ocorrências de fluorite em Portugal, assinaladas até à data, não têm interesse como fonte comercial de F, dada a reduzida quantidade do mineral e a tipologia das ocorrências. A grande maioria das ocorrências mais significativas conhecidas reporta-se a filões mineralizados e a formações pegmatíticas, onde o mineral faz parte da ganga. Estas localizam-se geralmente nas auréolas de metamorfismo associadas a intrusões graníticas; por vezes, situam-se a grande distância dos afloramentos ou dos domas graníticos não aflorantes, com os quais se estabelece um vínculo genético (ex. Panasqueira Player, Vale de Gatas Player, Ribeira Player). Virtualmente, a maioria dos filões Sn-W da Zona Centro Ibérica e da Zona Galaico-Transmontana poderá conter pequenas quantidades de fluorite, assim como muitos corpos pegmatíticos, nomeadamente os mais enriquecidos em F. A fluorite surge também como mineral acessório em algumas rochas granitóides alcalinas.

Um número mais reduzido de ocorrências está associado a rochas escarníticas com scheelite, formadas por metassomatismo de contacto. Algumas apresentam estruturas filoneanas (região de Castelo Melhor-Escalhão) enquanto outras são do tipo estratóide (Cravezes-Mogadouro, Santa Leocádia-Armamar, S. Pedro das Águias-Tabuaço, Mina de Escalhão, etc.). As rochas encaixantes mais favoráveis para a formação destes depósitos minerais e para a formação da fluorite são de natureza carbonatada (ex. Mina do Escalhão – Barca d'Alva Player).

Para além do interesse económico e científico associado à presença e abundância da fluorite num determinado contexto geológico, alguns exemplares recolhidos têm despertado muito interesse ao nível do coleccionismo e da museologia, como acontece com alguns cristais bem desenvolvidos provenientes da Mina da Panasqueira Player

Ocorrências em Portugal(*)Tooltip

  1. Pegmatito de Eiras (inclui Eiras de Cima), Sanfins, Valença do Minho, Viana do Castelo.
  2. Pegmatito de Taião, Taião, Valença do Minho, Viana do Castelo.
  3. Preenchimento de fracturas em granitos, Caldas do Gerês, Vilar da Veiga, Terras do Bouro, Braga.
  4. Mina da Ribeira Player, Coelhoso, Bragança.
  5. Mina do Ribeiro do Mosteiro, Riba de Alva, Freixo de Espada à Cinta, Bragança.
  6. Pegmatito do Seixigal Player, Pereira do Selão, Vilas Boas, Chaves, Vila Real.
  7. Mina da Boralha e mina dos Carris, Montalegre, Vila Real.
  8. Mina de S. João (Campo mineiro de Adória), Cerva, Ribeira de Pena, Vila Real.
  9. Campo mineiro de Vale das Gatas Player, Sabrosa, Vila Real.
  10. Mina da Cumieira, Lamares e S. Tomé do Castelo, Vila Real.
  11. Mina de Covelinhas, Peso da Régua, Vila Real.
  12. Mina da Panasqueira Player (Barroca Grande), Panasqueira, Covilhã, Castelo Branco
  13. Pedreira de granitos (Iberolusos), Malpartida, Almeida, Guarda.
  14. Mina do Escalhão, Barca d'Alva Player – associação com scheelite - Vila Nova de Foz Côa – Guarda.
  15. Pegmatito do Bom Sucesso No. 2, Pegmatito da Corvaceira e Mina da Cova da Raposa em Chãs de Tavares, Mangualde, Viseu.
  16. Pegmatito da Nª Srª da Esperança, Quintela de Azurara, Mangualde, Viseu.
  17. Pegmatito do Carvalhal e Pegmatito do Real em Penalva do Castelo, Viseu.
  18. Minas do Alto das Quelhas do Gestoso, Gestoso, Manhouce, São Pedro do Sul, Viseu.
  19. Mina da Assunção, Aldeia Nova, Ferreira de Aves, Sátão, Viseu.
  20. Mina de Lagares de Estanho e Mina de Ribeiro da Queiriga em Queiriga, Vila Nova de Paiva, Viseu.
  21. Mina do Braçal Player – Campo Mineiro de Talhadas - Sever do Vouga – Aveiro.
  22. Massas cristalinas violetas sobre riebequite de Alter Pedroso, Alter do Chão, Portalegre
  23. Pedreira de Nave, Monchique, Faro.

Principais ocorrências mundiais: China, México, Mongólia, África do Sul, Brasil, França, Alemanha, Argentina, Inglaterra, Áustria, Canada, Noruega, Suíça.

ScreenShot da Aplicação
Flash Icon
A visualização deste conteúdo requer a instalação do

Autor e Créditos

Autor:

  • Manuel Francisco Pereira
  • Elsa Vicente
 

Tópicos Relacionados

  • Lítio

    Grupo de Produção de Conteúdos de Química | 14/11/2007 | Tabela Periódica | Básico

  • Berílio

    Grupo de Produção de Conteúdos de Química | 06/11/2007 | Tabela Periódica | Básico

  • Flúor

    Grupo de Produção de Conteúdos de Química | 05/07/2007 | Tabela Periódica | Básico

  • Magnésio

    Grupo de Produção de Conteúdos de Química | 19/10/2007 | Tabela Periódica | Básico

  • Enxofre

    Grupo de Produção de Conteúdos de Química | 11/11/2009 | Tabela Periódica | Básico

  • Potássio

    Grupo de Produção de Conteúdos de Química | 12/11/2007 | Tabela Periódica | Básico

  • Ferro

    Grupo de Produção de Conteúdos de Química | 10/04/2008 | Tabela Periódica | Básico

  • Nióbio

    Grupo de Produção de Conteúdos de Química | 20/11/2008 | Tabela Periódica | Básico

  • Bertrandite

    Manuel Francisco Pereira; Elsa Vicente | 16/12/2009 | Minerais | Intermédio

  • Criolite

    Manuel Francisco Pereira; Elsa Vicente; Ângela Miguel; Catarina Matos | 05/01/2010 | Minerais | Intermédio

  • Barita

    Manuel Francisco Pereira; Elsa Vicente; Natália Menezes | 09/06/2009 | Minerais | Intermédio

 

Referências Bibliográficas

  • [1] Bateman A., Economic Mineral Deposits, John Wiley & Sons Inc., 2ª Ed., 1951.
  • [2] Blackburn, W.H. & Dennen W.A., Principles of Mineralogy, Second Edition, Wm. C. Brown Publishers, 1994.
  • [3] Carneiro F.S., Potencialidades Minerais da metrópole, base firme de desenvolvimentos industrial do país, Arquivos da Direcção Geral de Minas e Serviços Geológicos, 1971.
  • [4] Celso S. & Gomes F., Minerais Industriais: Matérias Primas Cerâmicas, Instituto Nacional de Investigação Científica, Aveiro, 1990.
  • [5] Cerný, P., Short Course in Granitic Pegmatites in Science and Industry, Ed. P. Cerný. Mineralogical Association of Canada Short Handbook, 1982.
  • [6] Clark, A.M., Hey’s Mineral Index: Mineral Species, varieties and synonyms, 3ª. Ed., Chapman & Hall, 1993.
  • [7] Constantopoulos, J.T., Earth Resources Laboratory Investigations, Prentiss-Hall, 1997.
  • [8] Dud’a, R. & Reij.L, A Grande Enciclopédia dos Minerais, Editorial Inquérito, 1994.
  • [9] Edwards, D. & King, C., Geocience: Understanding Geological Processes, Hodder & Stoughton, 1999.
  • [10] Enciclopédia Minerais e Pedras Preciosas, RBA Editores, 1993.
  • [11] Gaines R., Skinner H., Foord E., Mason B., Rosenzweig A., Danas’s New Minerology, 8ª. Ed., John Wiley & Sons, Inc., 1997.
  • [12] Galopim de Carvalho, A.M., Sopas de Pedra: De Mineralibus, I, Gradiva Publicações Lda., 2000.
  • [13] Gaspar L. M. & Inverno C. M. C., 2000, Mineralogy and Metasomatic Evolution of Distal Strata-Bound Scheelite Skarns in the Riba de Alva Mine, Northeastern Portugal, 95, 6.
  • [14] Gomes, C. L. & Nunes, J. E. L., Análise paragenética e classificação dos pegmatitos graníticos da cintura hercínica centro-ibérica, in “A Geologia de Engenharia e os Recursos Geológicos”, Imprensa da Universidade, Vol. 2 – Recursos Geológicos e Formação, Coimbra, 2003.
  • [15] Harben, P.W. & Bates, R.L., Industrial Minerals, Geology and World Deposits. Industrial Minerals Division, Metal Bulletin PLC, London, 1990.
  • [16] Harben, P.W. & Kuzvart, M., Industrial Minerals, A Global Geology. Industrial Minerals Information Ltd, Metal Bulletin PLC, London, 1996.
  • [17] Hurlbut, C.S. Jr., Les Minéraux et L’ Homme, Éditions Stock, Paris, 1969.
  • [18] Hurlbut, C.S. Jr. & Switzer G.S., Gemology, Johnn Wiley & Sons, Inc., 1979.
  • [19] Klein, C. & Hurlbut C.S., Manual of Mineralogy (after James D. Dana), Revised 21ª. Ed., John Wiley & Sons, Inc., 1999.
  • [20] Manutcherhr-Danai M., Dictionary of gems and geomology, Springer-Verlag, 2000.
  • [21] Mendes, H. S. & Silva, M. I., Mineralogia e Petrologia – Segundo as lições do Prof. Eng. Luís Aires de Barros, Edição da Secção de Folhas da A.E.I.S.T., 1965.
  • [22] Pereira, M.F.C, Análise estrutural e mineralógica do aparelho pegmatítico de Pereira de Selão (Seixigal) - Vidago (N de Portugal), Tese de doutoramento em Engenharia de Minas, Departamento de Minas, IST-UTL, Lisboa, 2005.
  • [23] Putnis, A., Introduction to mineral sciences, Press Syndicate of the University of Cambridge, 1992.
  • [24] Staff of U.S. Bureau of Mines, Mineral Facts and Problems, 1985 Edition, Bulletin 675, United States Department of the Interior, 1956.
  • [25] Velho J., Gomes C. & Romariz, Minerais Industriais, Geologia, Propriedades, Tratamentos, Aplicações, Especificações, Produções e Mercados, Gráfica de Coimbra, Coimbra, 1998.
 

Para comentar tem de estar registado no portal.

Esqueceu-se da password?

© 2008-2009, Instituto Superior Técnico. Todos os direitos reservados.
  • Feder
  • POS_conhecimento